Festa literária de Santa Teresa e as delícias do bairro

De vez em quando rola de aparecer um rolê inesperado e maravilhoso, sabe? Hoje eu marquei com uma amiga querida de ir no no Encontro Preto, na Lapa. Acabamos saindo super cedo de lá e fomos andando para Santa Teresa, tiramos meia dúzias de fotos na Escadaria Selarón e subimos em busca de um barzinho para tomar uma cerveja.

image
Sempre quis uma foto dessas haha

Preciso dizer que o bairro e essa escadaria me trazem memórias maravilhosas e engraçadas por motivos de: carnaval! A última vez que estive em Santa Teresa foi no bloco Carmelitas – que foi maravilhoso, mas não conhecia nadinha e com toda aquela muvuca foi difícil reparar no bairro.

image
Vista de Santa Teresa ❤

Fomos subindo juntas quando decidimos ir para o Parque das Ruínas, motivadas pela vista maravilhosa de lá. Um pouco antes de chegar no parque descobrimos que tava rolando a FLIST – Festa Literária de Santa Teresa ❤ e eu recomendo muitíssimo o passeio por lá nesse tempinho gostoso.

image

image

Salvei as imagens do meu snapchat (@ferrribeiro) já que sou uma blogueira fajuta. Mas fica registrado aqui no bloguinho meu amor pelo bairro. A festa tava uma delícia, achei mais ‘gastronômica e cultural’ do que literária, tinham poucos expositores de livros, mas bastante opção para comer e beber. É uma excelente oportunidade de conhecer o bairro e ainda participar de um evento super maneiro. Recomendo! A festa infelizmente só dura até amanhã (15 de maio), por isso que tô fazendo o post express para alguém, quem sabe, aproveitar a dica a tempo.
Beijos! Fer

Advertisements

Um pouco mais de calma…

Foi exatamente isso que eu ouvi da minha terapeuta. Calma, respiração, banhos longos, cafés demorados, filmes repetidos, despertador desligado….
image

Eu estava ficando louca. Louca por querer fazer tudo, abraçar o mundo, realizar todos os meus sonhos, ser feliz, parecer feliz, dar a certeza para os outros de que eu estava feliz. Calma, moça! E essa fase de terremoto acabou atrapalhando meu ritmo de postagem aqui no blog, me deixou longe do snapchat, quase não vi vídeos no Youtube, fiquei off para me conectar novamente com o que eu mais estava sentindo falta: eu.
Já me recuperei, ou melhor, estou me recuperando, estou me organizando e com isso o blog vai voltando a ter postagens. Tô um pouco enjoada de foto de produto, roupa, compra, compra, e assumo que esses assuntos talvez diminuam um pouco aqui no bloguinho.
Eu sumo, me perco, me acho…saio por aí, mas sempre acabo voltando pra cá.
Só quem se perdeu sabe da delícia de encontrar a si mesmo.
Bjs! Fer

P.s: a ilustração é da Mônica Crema ❤

A louca das séries: Master of None

Eu já terminei a primeira temporada dessa série faz um tempinho, mas como acabei de indicar essa e série para um amigo, achei válido fazer post.

image

Master of None é mais uma das séries produzidas pelo Netflix que se encaixa na categoria de comédia pensante. Se você não sabe do que eu tô falando, é o seguinte; Assim como Unbreakable Kimmy, Master of None é uma série que tem várias sacadas engraçadas, comentários inteligentes, pontos de vista, que conseguem juntar tudo isso com uma problematização bem leve de vários problemas.

image

A série narra a vida de Dev, morador da maravilhosa cidade de Nova York e é ator. Master of None foge completamente do estereótipo de séries de comédia protagonizadas por um homem, justamente por tocar em assuntos como racismo, imigração nos Estados Unidos, homossexualidade, relacionamentos…

image

Eu me apaixonei pelo Dev num grau hahaha. Quero ser amiga! Super recomendo a série para o feriado prolongado que está chegando, dá pra fazer maratona, se apaixonar pelo Dev e pensar bastante nos temas abordados nos eps. Ah, e boa notícia! Vai rolar segunda temporada 🙌❤

Beijo! Até amanhã no #desafiodeabril

Conselhos de uma estágiaria sincera (parte 2)

Já faz um tempinho que eu escrevi o ‘Conselhos de uma estagiária sincera‘, hoje me deu vontade de dividir outros conselhos, sonhos e ambições sobre esse assunto.

image
você precisa ser um iniciante antes de poder ser qualquer coisa 💪

A época de estagiário é uma das épocas mais importantes da vida de um universitário. Não é nada fácil conciliar a vida de estudante, matérias, xerox e atividades complementares com um estágio que pode significar muito na sua carreira profissional no futuro. A questão é que nesse jogo de empilhar pratos, a gente acaba esquecendo alguns pontos importantes nessa etapa e que precisam ser considerados e que eu não mencionei no primeiro post.
* Você precisa estudar muito para chegar lá. Livros teóricos, video aula no Youtube… qual é o método que funciona pra que você consiga estudar e se dedicar a algo? Foca nisso!
* Aceitar sua condição de estagiário é fundamental, mas não se apegue a isso. É legal saber quais são suas funções (falei disso no primeiro post), mas não se esqueça que estágios são temporários e você precisa ter em mente que as suas atitudes fazem a diferença nesse processo. É de pequeno que se começa, lembre-se disso!
* Não divida seus sonhos com os outros, divida experiências. Sonho é sonho e às vezes é necessário guardar ele só pra gente, ir trabalhando, moldando, criando possibilidades e deixa pra dividir seu sonho quando você já tiver realizado. Quando menos souberem, melhor pra você
* Não duvide da sua capacidade, acredite na sua intuição e dê o seu melhor sempre.

Ontem eu me senti mal no fim do dia e acabei furando o desafio de abril, mas não vou desanimar e continuarei postando, combinado?
Um beijo, até amanhã.

Só pode ser você

Ninguém pode te fazer mais feliz do que você. Minha melhor companhia, meu abrigo, meu porto seguro. A única pessoa que vai estar comigo até o fim me guiando e me levando ao melhor de mim. Passei muito tempo negando sua existência, não acreditava que as coisas dariam certo e já me imaginava catando meus pedaços e recomeçando mais uma vez.
Eu tenho amigas que me acham louca, não acreditam quando eu começo a contar as aventuras que eu estou vivendo e o quando eu estou feliz depois que eu realmente me encontrei.

image
Não há ninguém nesse mundo que te conheça como você, que possa te fazer feliz e ser sua melhor companhia nas aventuras que você planeja viver. Não espere que alguém te convide, te chame, te diga o que achou…vai lá e faz sozinha. Se joga, vai com vontade e se ama, só você pode fazer isso por você.
Esse post estava na minha cabeça faz um tempo e depois do show do Coldplay no sábado, tive mais vontade de escrever sobre criar suas próprias histórias, seguir seu próprio caminho e não esperar que ninguém faça nada por você.
Domingo (10 de abril de 2016) foi o melhor dia da minha vida. Eu cantei, chorei, me emocionei horrores com uma banda que sempre fez parte de mim e nada disso teria acontecido se eu não tivesse aceitado viver essa nova etapa da minha vida.

image
Show do Coldplay ❤

Se não for você, quem vai ser?
Beijos! Até amanhã no #desafiodeabril

Máscara clarify e detox da dermage

Essa semana eu fui na Dermage dar uma olhada nos produtos para pele oleosa e encontrei um lançamento maravilhoso da marca. Máscaras instantâneas para cuidados com a pele.

image

Segundo a marca, as máscaras deixam a pele incrível em 20 minutos. Tentador, não é? São três tipos de máscaras: A detox mask (máscara facial refrescante), peel off (máscara clareadora) e a máscara de colágeno. Trouxe as duas primeiras pra casa e fui correndo testar.
Adorei que a máscara tem uma textura de gel, deixa um geladinho no rosto e seca bem rápido. Depois de 15 min eu retirei todo o produto e a pele do rosto estava mega macia, gostosa de tocar, sabe?
Cada sachê vem com 10g – que duram duas aplicações e custam 9,90 (preço maravilhoso).
Super recomendo o teste e tô aqui torcendo pra Dermage criar uma versão em ‘potinho’ dessas máscaras incríveis.
Beijo, até amanhã no #desafiodeabril

Limpeza especial para pele oleosa

Se eu pudesse mudar uma coisa na minha aparência seriam meus poros largos e minhas marcas de espinha. Nada me incomoda tanto quanto esses probleminhas que eu tento driblar de mil maneiras possíveis. Se você também tem a pele oleosa com tendência a espinhas malditas, sabe o quanto é ruim ver o rosto pingando óleo no fim do dia, ou pior, em ver seu rosto tomado de espinhas e se desesperar. *drama on*

limp
Sabonete para pele Acneica da Actine e Escovinha de limpeza da Sephora

Eu tenho visto uma melhora na minha pele depois que comecei a usar essa escovinha da foto na limpeza diária. É uma escovinha comum, sem vibrações, rotações, é só colocar o sabonete e fazer movimentos circulares pelo rosto. Eu sinto que ela dá uma limpeza mais profunda no rosto e a pele fica com a sensação de limpa por mais tempo. Essa minha é da Sephora e eu paguei 32 reais na loja física, tem aqui no site.

O sabonete da Actine foi uma versão indicada pela minha Dermatologista, mas como é um produto de farmácia, de fácil acesso e relativamente barato – em comparação aos sabonetes da Vichy e La Roche, acho que pode ser uma incrível surpresa. Ele tem um cheirinho bem típico de produto de limpeza (risos), mas é maravilhoso. Limpa beeem a pele e não resseca, o que pra mim é essencial. Odeio produtos que ressecam muito o rosto e deixam  a pele ‘repuxando’, sabe? Só piora o efeito da oleosidade depois. Nesse sabonete (versão pequena) eu paguei 25 reais.

A pele tem ficado tão bonita e mais viçosa que tenho me surpreendido. Ah! tô cheia de produtos novos para cuidados com a pele do rosto, então se você sofre de espinhas e oleosidade, fica aí que vai ter muita dica boa ainda no #desafiodeabril.

Beijos!

Reconstrução capilar? O que é isso?

Acho que qualquer uma já passou pela situação de tocar no cabelo e sentir uma textura diferente do normal. Sabe quando o fio fica opaco? Poroso? Que nada dá jeito? Talvez seja a hora de pensar em uma reconstrução capilar. A reconstrução consiste em basicamente devolver ao fio do cabelo todos os aminoácidos perdidos, esses aminoácidos são responsáveis pela composição da fibra do cabelo ( a parte externa, que a gente toca). É bem comum que o cabelo perca componentes e fique mais quebradiço, opaco e todo aquele blablabla depois de uma química – alisamento, relaxamento e etc. Mas vale lembrar que descoloração e tintura também entram nessa lista. O processo de reconstrução pode ser um grande aliado das meninas da etapa da transição capilar e pós big chop, para deixar o cabelo bem saudável e bonito nessa nova fase. Eu recentemente passei por um fim de semana intenso na praia, e estava sentindo que os cachos não estavam respondendo tão bem aos produtos. O principal produto na reconstrução é a famosa queratina líquida, baratinha, vende em farmácias e você vai se surpreender com os seus poderes.

QUERATINA

O  primeiro passo é aplicar a queratina líquida no cabelo;Eu escolhi essa Queratina Reparação da Niely Gold. E faz como? Com o cabelo lavado (use apenas shampoo, ok?), retire o excesso de água e aplique a queratina por toda a extensão dos fios. Eu gosto de focar bastante nas pontas do cabelo. A queratina líquida tem uma textura de espuma quando entra em contato com o cabelo, facilita bastante na hora de espalhar. Não esqueça nenhuma mecha e deixe o produto agir por uns 15 minutos.

  • Bônus: Se o seu cabelo estiver na rehab, vale a pena você usar um secador com jato quente para potencializar o efeito da queratina. O calor do secador vai abrir as cutículas do cabelo e ajudar o produto a penetrar mais profundamente nos fios.Vale usar uma touca térmica também.

hidratação

O segundo passo é hidratar! O segredo é usar a máscara de hidratação – seja qual for, eu escolhi a Dream Cream da Lola Cosmetics, por cima do cabelo já com a queratina. É só separar o cabelo novamente e ir enluvando as mechas com a máscara. Deixe agir mais 10 minutinhos e é só enxaguar e finalizar como de costume.

O cabelo depois desse cuidado especial fica tão maravilhoso que dá vontade de repetir todo dia. Mas preste muita atenção! O excesso de queratina nos fios pode deixar o cabelo mais grosso, com aspecto de pesado e isso facilita a quebra dos fios, então muito cuidado! A reconstrução só deve ser feita 1 vez por mês em cabelos normais, e 15 em 15 dias para cabelos na rehab.

Pra começar a semana com os cabelos maravilhosos!

Até amanhã no nosso #desafiodeabril, beijos!

Qual o significado da música na sua vida?

Eu sempre fui uma pessoa muito musical, nunca aprendi de fato a tocar nenhum instrumento – embora tenha tentado algumas vezes, mas o fato é que desde sempre eu tenho muito da música em mim. Todos os momentos da minha vida foram marcados por alguma música, uma banda, algum trechinho ou sei lá, qualquer coisa que me me faça depois de muito tempo relembrar e reviver sensações, é muito louco isso, né? Eu lembro até hoje da música que ouvi na primeira vez que viajei de carro com meus pais pra Minas Gerais, da música do meu primeiro beijo, daquela despedida da escola, do primeiro carinha que eu gostei. Lembro que já fiz uma música com uma melhor amiga de infância, já fiz uma lista infinita de músicas favoritas.

Eu sempre tenho uma música que me conecta a algo e nesses últimos dias eu comecei a relembrar mil coisas que já vivi e é óbvio que isso rendeu uma madrugada inteira assistindo vídeos no Youtube, marcando pessoas queridas e lembrando de muita coisa. E qual é o motivo desse post e desse momentinho de reflexão? Amanhã, domingo, eu vou estar mais uma vez diante de uma das bandas mais importantes da minha vida: Coldplay. Prometo que vou me esforçar para tirar fotos legais e quem sabe encher meu Snapchat (ferrribeiro) com trechos das minhas músicas favoritas, mas a verdade é que desde The Scientist eu sou completamente apaixonada pelos caras e pelas letras das músicas. Meu primeiro show deles foi em 2010, foi uma aventura inesquecível e logo depois desse show eles lançaram uma música que eu amo ” Every Teardrop is a Waterfall” e eu lembro que assim que ouvi (e me emocionei horrores) disse: ‘ Preciso ouvir essa música ao vivo’, foram muitas músicas depois dessa época, cheguei até a fazer um ENEM que tinha Viva la Vida na parte de Língua Estrangeira. Amanhã eu vou finalmente poder chorar e lavar minha alma ouvindo ‘ Sky full of stars’, ‘ Fix you’ e mais um monte de músicas que marcaram a minha vidinha.  Nesse meio de friozinho na barriga com uma felicidade absurda, nada mais me vem a cabeça além de postar sobre eles, desculpa aê, é tensão pré show, sabe?

Se eu furar o #desafiodeabril amanhã, cês já vão saber o motivo hahaha;

Amanhã é dia de morrer de amores novamente pela banda que mais faz parte da minha vidinha.

Bjs!

Produtos favoritos para pele negra (baratos e caros)

Já cansaram de ler sobre maquiagem? Hoje eu resolvi fazer um post ‘radom’ com produtos que eu amo para preparação de pele. Sabe aqueles produtinhos sagrados? Guardados para dias que só temos duas opções: a) arrasar ou b) arrasar hahaha. Separei os produtos mais caros que eu amo e que sei que valem cada centavinho no post de hoje. Mas já adianto que logo mais sai a versão mais baratinha, estagiária edition (risos).

pele

Primer Porefessional Benefit: Já vi muita gente idolatrando esse primer e não sabia bem o motivo. Adoro a textura aveludada que ele dá ao meu rosto que é cheio de cicatrizes chatinhas de espinha. A base desliza melhor, sabe? Vale o investimento.

Studio Fix Powder MAC: Eu uso esse produto desde 2009 hahaha. Ainda lembro do meu natal de 2009 quando comprei essa base em pó e saí da MAC toda toda com a minha sacolinha. Até hoje eu acho caro investir 130 reais em um produto, mas posso falar? Dura taaaanto e faz uma diferença! Eu uso com pincel bem gordinho para espalhar bem pelo rosto e sempre carrego ela comigo quando sei que vou precisar dar uma retocada para a noite. Dura bastante na pele e deixa e pele bem sequinha. Não achei outro pó que se encaixasse no meu tom com essas qualidades, não vivo sem.

Prolongwear concealer MAC: Todo mundo sabe que eu amo esse corretivo e que não sei viver sem. Ele tem uma textura tão maravilhosa que eu uso ele praticamente de base. Juro! Como a embalagem sai mais do que eu preciso, eu sempre dou uma ‘esticada’ na correção para o topo das bochechas, manchinhas no queixo e tô pronta. Amo o fato dele ser beeem sequinho e não craquelar, dura o dia inteiro, não transfere e tem um tom perfeito pra mim. Ah, esqueci de dizer que ele cobre muito, né? Pra mim é a cobertura ideal que eu espero de um corretivo. Só tenho dois ‘contras’: O pump dele desperdiça muito produto e isso pode ser ruim se você só quiser usar ele exclusivamente nas olheiras, e a embalagem de vidro+ pump conserva um pouco de produto no final do frasco e fica impossível tirar do vidrinho aquele ‘restinho’ de corretivo.

SunBeam Benefit: Eu sei que cada um tem o seu jeitinho de usar iluminador. Tem gente que gosta dele com mais partículas de brilho, outras gostam daquele glow kardashian… eu gosto de algo suave para o dia, algo que dê cara de ‘ I woke up like this’, sabe? E esse iluminador faz isso. Ele tem um tom de dourado lindo e que combina perfeitamente com a pele negra. Já emprestei para amigas brancas, e desculpa aê, mas não fica igual (hahaha). Eu recomendo muito comprar aqueles kits que ele vem em miniatura para testar, é meu iluminador favorito.

CC Cream da Clinique: Comprei sem nenhuma indicação, eu adoro os produtos da Clinique e adoro esse lance de ‘dermocosmético’, sabe? esconder tudo enquanto trata, sinto a pele linda durante o uso desse cc cream e depois. Ele tem uma cobertura ideal pro dia e uma textura de pele bonita, transfere bem pouco e dura o dia todo. Adoro usar quando não tô naquela vibe de base, corretivo e todo aquele ritual.

Um beijo, até amanhã no #desafiodeabril